EU JURO, by Tânia Machado

WWW.POUSOEPROSA.COM.BR

17 de agosto de 2017
Deixe um comentário

Quem é do interior e mora em outro local? Se você é mineiro, mas não mora mais na sua cidade, ajude-nos a colocar em dia as informações de sua cidade natal. Entre no site http://www.pousoeprosa.com.br e veja se estão faltando informações sobre pontos turisticos, curiosidades e melhores receitas.

Agora, se voce é artesão, ou conhece algum, incentivo-o para se cadastrar no site – é totalmente gratuito.

Hoje temos cadastrados artesãos de quase 500 municipios e nossa meta é chegar aos 853.

100% dos municipios já estão cadastrados, 100% de hoteis ou restaurantes nos 853 também, 90% dos municipios já tem atrativo turistico, e 70% dos municipios tem pelo menos uma festa tradicional por ano.

Agora, se voce é um turista e vai viajar pelo interior de Minas, entre no site, pois lá voce acha o link para tudo o que existe na internet e esta disponivel. O site não tem como meta copiar o que já existe, mas divulgar via link, facilitando assim a sua pesquisa.

 

 

Anúncios

Publicado em Uncategorized

A IMPORTÂNCIA DO ARTESANATO PARA A INDUSTRIA BRASILEIRA.

17 de agosto de 2017
Deixe um comentário

Segundo pesquisa da Vox Populi que é realizada anualmente na Feira Nacional de Artesanato, 47% do valor da venda final é matéria prima e segundo esta mesma pesquisa, 90% desta matéria prima é adquirida na indústria.

Então, se considerarmos que o Brasil tem 8,5 milhões de artesãos e produtores artesanais que faturam em média um salário mínimo por mês, chegamos a cifra de R$ 95 bilhões que é o valor de venda anual (8,5 milhões X R$ 935 X 12 meses).

Assim, o artesão gasta R$ 45 bilhões em matéria prima, e destes ele adquire R$ 40 bilhões na indústria.

A indústria têxtil vem em primeiro lugar, seguido de material para acabamento, ferramentas e metais.

Só na Feira Nacional de Artesanato no ano passado, os artesãos presentes para vender R$ 62 milhões, compraram da indústria cerca de  R$ 26 milhões de reais. Esta compra foi feita 52% no varejo e 40% no atacado.

São números astronômicos, mas se considerarmos que estamos falando de 8,5 milhões de pessoas e 12 meses, chegaremos ao número individual de um salário mínimo por pessoas que é a média nacional. Os artesãos das grandes cidades faturam entre 3 a 4 salários mínimos e o artesão do campo menos do que meio salário.

Outro dado interessante é a escolaridade do artesão organizado. 41% tem ensino médio, e outros 41% tem ensino superior. Isto mostra como o artesanato é a opção imediata de ocupação em momentos de crise.

Cada núcleo artesanal, emprega em média 4,7 pessoas e 54% estão ligados a uma associação ou cooperativa o que leva a mesmo de forma indireta, estarem legalizados, através do CNPJ de suas instituições.

Considerando que o artesanato é hoje a pre-indústria, temos grandes exemplos de artesãos que começaram praticamente do nada e hoje estão estabelecidos até como pequena ou média empresa.

Os dados acima podem ser validados na pesquisa da Vox Populi publicada no site http://centrocape.org.br/destaques/index/pesquisa-vox-populi-perfil-artesao-brasileiro

http://centrocape.org.br/destaques/index/vox-populi-pesquisa-perfil-artesao-mineiro

Maiores informações:

Tânia machado

ccape@centrocape.org.br

031-32828313


Publicado em Uncategorized