EU JURO, by Tânia Machado

PROJETO GARAGEM…

29 de julho de 2016
Deixe um comentário

Meu Deus! Como a gente acumula coisa quando tem espaço!!!

To horrorizada e até envergonhada como eu que ajudo ao artesão a aplicar o 5S na sua oficina sou capaz de ter guardado tanta coisa…

Componentes eletrônicos que não funcionam mais,mas pode interessar para quem trabalha com conserto de computadores ou mesmo curiosos – acho que encheria uma caminhonete.

Agora, os produtos artesanais, dá até dó, mas como projeto GARAGEM é pra vender barato mesmo para as pessoas carregarem, tem produto que se fosse vendido a preço real seria de mais de R$ 500,00, sendo vendido por 50,00.

Os computadores que funcionam (ainda restam alguns), foi só falar já vendemos mais de 10 e ainda tem outros que vão entrar na roda antes da gente mudar.

Quem precisa de 3 geladeiras e 3 frigo bar? So se for para colaborar com a Cemig pagando uma conta alta de eletricidade!!!

Olha, esta é uma primeira leva…depois vai vir muito mais coisas…

 

 

Anúncios

TO DE VOLTA

4 de maio de 2010
Deixe um comentário

Sumi né!
Acho que foi o trauma dos 60 anos…
Mas já estou me acostumando…Que jeito, né?

Então vamos as noticias boas:

Iniciamos dia 29 um evento no El Corte Ingles de Lisboa e Porto, onde estamos com 200 m2 de exposiçao com venda.
Para quem não sabe, o El Corte Ingles é um dos grandes magazins da Europa e tem mais 200 lojas em Portugal e na Espanha.
Este evento será de grande importância para nosso artesanato, pois afinal estamos tendo a oportunidade de testar nossos produtos com o consumidor final.

Tentei colocar os links onde já saiu publicação sobre nosso evento e não consegui! É o eterno problema de BIOS…


CRIATIVIDADE X MERCADO

11 de abril de 2010
1 Comentário

Outro dia, estava vendo algumas peças que não foram aprovados no comitê que seleciona os produtos para a loja e me deparei com uma “coisa”, que nunca vi tão feia na minha vida…
Era um abajour, feito de pneu, pintado de verde, com luz verde, decorado de lantejoulas e fuxicos com tecido de nylon, terminados com uma missanga, também verde, cujo pneu ficava em cima de uma lata, coberta com um tecido brilhante (verde) e tinha uma engrenagem que ele rodava…
Acho que nem dava para caracterizar como bizarro…
Evidente que foi negado pelo comitê.
Mas fiquei olhando para “aquilo” e fiquei pensando…O artesão que fez isto, teve o cuidado no acabamento, criatividade na construção (não esta aqui em julgamento, o gosto…). Gastou tinta, paetes, missangas, lantejoulas, fiação, engrenagem ligada a eletrica (tem dois botões, voce pode so ascender, ou ascender e rodar)…
Chamei uma técnica que trabalha conosco e disse que queria ver o que podia fazer por aquele artesão…Acho que ele merece uma consultoria para que use de sua criatividade e capricho para produtos que vão ter aceitação no mercado…
Agora…durma com esta…das 30/40 pessoas que mostrei a peça, tiveram duas que adoraram e pediram para colocar preço, pois queriam comprar para suas casas…


Publicado em maos de minas
Tags: