EU JURO, by Tânia Machado

Dinamica Grupo criada pelo Centro Cape na Globo

25 de julho de 2016
Deixe um comentário

O jogo CONSTRUÇÃO DA TORRE, que foi criado no Centro Cape, foi apresentado hoje no Jornal Hoje da Globo das 13:00 horas, por uma empresa de recrutamento de pessoal.

Vejam lá: https://globoplay.globo.com/v/5187826/

A dinamica ESCOLA DE SAMBA, também foi lançada pelo Centro Cape em 2009, numa parceria com os carnavalescos da Mangueira.

É mais um motivo de orgulho e vermos que estamos sempre a frente do tempo.

 

 


Historico da feira Nacional

30 de setembro de 2009
Deixe um comentário

Este ano estamos fazendo vinte anos de Feira Nacional e lançando o Salão do Artesanato.
Fico lembrando a primeira feira em 1989 que loucura que foi…
Primeiro eu via a Unilar e achava que as coisas aconteciam naturalmente…Via aquelas filas enormes das pessoas para entrarem no Minas Centro, pagando… e achava que se eu fizesse uma feira ia ser assim também…Acho engraçado, pois vejo outras pessoas hoje, pensando igual eu pensava…As pessoas veem a FNA com aquela multidão e lançam também um feira achando que vai ser igual…Não é bem assim. Um evento para “pegar”, demora alguns anos.
Mas voltando a 1989, a gente pagou passagem, hospedagem e alimentação para todos os expositores de fora…eles tinham que dar de contrapartida 10% sobre as vendas. Foi uma sonegação geral…Ninguém pagava e sonegava até quando eu ia comprar…me falavam na maior cara de pau. Olha não vou emitir a notinha não tá? Assim eu não pago os 10%.
A gente tinha um computador que teoricamente era para controlar as vendas…ele ficava fazendo aquele barulhinho da impressora o tempo todo: prrrriiiissspriiiisssspriiiisss, mas era so barulho. Não conseguíamos ter controle de nada…
Nossa mídia, além a que o Ives Alves da Globo deu de graça, eram umas faixas na rua que a gente olhava encantada achando simplesmente o máximo…Rádio, Out door, bus door, folhetos? Que bobagem…servem pra quê?
Fizemos 100.000 ingressos, pois se a Unilar tinha 100.000 visitantes, porque não a Feira Nacional…RSRSRSRS…não vendeu nem 5.000 (lembro que cheguei a cogitar com a Policia Militar apoio para recolher o dinheiro da bilheteria, pois pelos nossos cálculos ia ser muito).
Agora buscando o histórico das feiras passadas, temos fotos de todas – menos da 1a. Feira Nacional… nem pensavamos que íamos precisar futuramente…
Serviço médico? Neeeiiimm! Secretaria de Atendimento????Prá quê? Segurança? Tínhamos se não me engano uns tres homens…hoje trabalhamos com mais de 80. Placa na frente do Minascentro? Pra quê? todo mundo sabe onde é????
Hoje vejo o quanto a gente foi corajosa e irresponsável ao mesmo tempo…Ainda bem que Deus, Buda, Oxossi, Ala, e tantos outros poderosos do universo estavam conosco para que sobrevivessemos e hoje estivessemos comemorando vinte anos de feira!


VOLTANDO A POLYANA

21 de abril de 2009
Deixe um comentário

Queria fazer uma proposta, principalmente para a midia televisiva.
Ontem, assistindo os jornais das 19:00/21:00 em diversos canais tive a preocupação de contar: foram mais de 30 mortos nos primeiros 10 minutos de cada jornal. Não vi nenhuma noticia boa. Só noticia ruim. Sei que voces tem que divulgar o que acontece de ruim também, mas vai me dizer que não aconteceu nada de bom no dia de ontem que merecesse uma chamada? Mesmo as noticias de futebol e da Fórmula 1, tinham sempre um fundo negativo de quem falhou, quem fraquejou, etc.
Vamos combinar uma coisa: todo dia voces vão fazer um esforço e ter sempre umas duas noticias maravilhosas – uma abrindo o jornal e outra fechando, assim a gente termina a noite mais feliz!